Agora, é lei!

A criação do Reduto Cultural do Choro Alfredo da Rocha Vianna Filho (Pixinguinha), no bairro de Olaria, representará um importante incentivo à arte carioca e à economia local, fomentando o comércio e o turismo da região.

0
246

No último dia 20 de fevereiro, foi aprovado, em definitivo, o nosso projeto de lei que estabelece a criação do Reduto Cultural do Choro Alfredo da Rocha Vianna Filho (Pixinguinha), na Praça Ramos Figueira, no bairro de Olaria. O objetivo do projeto, assinado por mim e pelo vereador Marcelo Arar, é estimular a ocupação da praça com apresentações de artistas do Choro, como Silvério Pontes e Zé da Velha, ajudando a difundir este importante gênero musical instrumental genuinamente carioca, que legou nomes como Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim e Zequinha de Abreu, entre tantos outros.

O espaço vai homenagear um dos principais nomes do Choro e da música brasileira, o imortal Pixinguinha. O projeto segue para a sanção do prefeito, cabendo à Prefeitura a adequação do espaço necessário da Praça Ramos Figueira para a realização de apresentações e eventos populares relacionados ao choro. Também caberá ao Executivo implantar a sinalização identificando a localização e a finalidade do “Reduto Cultural do Choro Alfredo da Rocha Vianna Filho (Pixinguinha)”.

A criação do Reduto Cultural do Choro Alfredo da Rocha Vianna Filho (Pixinguinha), no bairro de Olaria, representará um importante incentivo à arte carioca e à economia local, fomentando o comércio e o turismo da região.

Viva Pixinguinha! Viva o Choro! Viva a Cultura!

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.