Audiência discute PME e a valorização dos servidores

O vereador Reimont destacou a medida do governo Temer, que paralisou por 20 anos o investimento em Educação.

0
15

Na última sexta-feira (12), a Câmara Municipal promoveu, através da Comissão de Educação, um debate sobre o Plano Municipal de Educação (PME) com foco na valorização dos profissionais de educação, que contou com a presença do secretário César Benjamin.

O vereador Reimont destacou a medida do governo Temer, que paralisou por 20 anos o investimento em Educação. A pouca frequência, por parte dos servidores também foi lamentada pelo vereador, que reforçou a importância da liberação de ponto para o comparecimento dos profissionais de educação nas audiências.

“Quando se discute a escola sem partido isso aqui fica parecendo um Fla X Flu. Escola tem que ser um lugar de muitos partidos, de muitas questões, muitas discussões, de todos os temas”- assinalou Reimont.

Os servidores cobraram o cumprimento de um terço da carga horária para planejamento, a convocação dos aprovados no concurso – alguns com prazo para expirar, a redução do número de alunos por sala de aula e o fim do professor generalista, no sexto ano experimental. As condições de trabalho das merendeiras, com consequência para a saúde, também foi alvo de reclamação.

O secretário municipal de Educação, César Benjamin, destacou a crise financeira que está atingindo as receitas da Prefeitura do Rio. Segundo ele, a previsão é de que a Secretaria só terá verba garantida até o mês de agosto. Outro aspecto apontado pelo secretário é a necessidade de votação do PME, já que segundo ele há o risco de bloqueio do repasse das verbas federais para a educação no Rio de Janeiro.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui