Audiência Pública debate fomento para cultura no Rio

Além de exigir o pagamento do Edital do Fomento 2016 da Prefeitura, a audiência serviu para cobrar a definição de políticas de estado para o setor.

0
60
ASCOM Câmara Municipal

A recém-criada Comissão Permanente de Cultura da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, presidida pelo vereador Reimont, realizou a primeira audiência pública, no dia 18 de abril, com ampla participação de trabalhadores da cultura, artistas e produtores para discutir a situação do Fomento à Cultura na cidade.

A ausência da secretária de Cultura, Nilcemar Nogueira, foi muito criticada. Ela foi representada pelos subsecretários André Marini e Carlos Correa Costa e pelo responsável por articulação, Elói Ferreira de Araújo.

ASCOM Câmara Municipal

Além de exigir o pagamento do Edital do Fomento 2016 da Prefeitura, a audiência serviu para cobrar a definição de políticas de estado para o setor. Sobre o edital, os questionamentos do Movimento de Cultura foram pontualmente relacionados – Existe uma posição oficial da atual secretaria sobre o assunto? Houve ou não o empenho da verba pelo governo anterior? Qual a situação dos recursos administrativos impetrados contra o edital? Quais fontes alternativas de recursos existem para possibilitar que a prefeitura cumpra este compromisso, cuja pendência abala a confiança em editais futuros? Por que fazer um novo edital, se o anterior não foi pago?

O vereador Reimont assumiu o compromisso público de agendar um encontro da Comissão de Cultura com a secretária Nilcemar, com a participação de representação do Movimento de Cultura.

ASCOM Câmara Municipal

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.