Catadores divulgam projeto de coleta de resíduos

O Fórum de Catadores discutiu o Projeto de Lei Complementar nº 4/2017, que regula a coleta de resíduos recicláveis durante a realização de grandes eventos.

0
30

O Fórum Permanente de Catadores do Rio de Janeiro se reuniu, no dia 04 de abril, no auditório da Câmara Municipal, para discutir o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e o Projeto de Lei Complementar nº 4/2017, de autoria do vereador Reimont, que regula a coleta de resíduos recicláveis durante a realização de grandes eventos e festas populares.

O grupo também avaliou as possibilidades da lei do ICMS Verde, que recompensa os investimentos ambientais realizados pelos municípios, como no tratamento do esgoto e na correta destinação de resíduos. Para se habilitar a receber os recursos, os municípios devem ter Sistema Municipal de Meio Ambiente, formado por órgão executor de política ambiental, um conselho e um Fundo de Meio Ambiente, além de guarda ambiental.

Outro tema discutido foi a apresentação da cartografia de massas falidas do estado, para que possam ser ocupadas por empresas de reciclagem, com apoio da Firjan. Atualmente, as cooperativas de materiais recicláveis do Rio precisam enviar todo o aparato recolhido para São Paulo, pois não há empresas de reciclagem no estado.

Além da participação de representantes de cooperativas de catadores, a reunião contou com as presenças do professor do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social (NIDES), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Antônio Vieira, do integrante da Cataforte 3, Moisés Leão, da defensora pública Carla Beatriz Maia, do representante da Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (SECONSERMA), Nelson Machado, e do representante da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Ivan Sá.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui