Diretas já, mas gerais

Vereador Reimont participou do lançamento do Comitê da Zona Sul pelas Diretas Já e Contra o Golpe, que reuniu representantes de diversos partidos e movimentos contra o golpe e as reformas neoliberais

0
14

No último dia 07/07, o vereador Reimont participou do lançamento do Comitê da Zona Sul pelas Diretase Contra o Golpe, que reuniu representantes de diversos partidos e representantes de movimentos contra o golpe e as reformas neoliberais, na praça São Salvador, em Laranjeiras. O ato foi organizado pelo coletivo À Esquerda da Praça junto com o PCdoB, o PT, o PSOL, o PDT e a Rede e as frentes Brasil Popular Zona Sul e Povo Sem Medo.

Reimont , que defende eleições gerais imediatas, lembra o papel do Congresso Nacional no golpe, como tem sido demonstrado em todas as votações desde então, inclusive na retirada de direitos trabalhistas, sociais e civis.

“Recentemente, tivemos mais uma prova do comprometimento do atual Congresso com a agenda golpista, seja com Temer, com Rodrigo Maia ou qualquer outro que venha pela via indireta. Em uma decisão que soa como um deboche, o Conselho de Ética do Senado arquivou em definitivo o processo contra o golpista Aécio Neves, na investigação de propina de R$ 2 milhões da JBS para o senador. O processo tinha por base a célebre gravação de uma conversa entre Aécio e Joesley Batista, que inclui até uma ameaça de morte a quem delatá-los. Uma vergonha!”

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui