Mais aumento no Rio

Reimont critica o aumento na taxa de iluminação pública do Rio

0
16

Cada vez menos preocupado com as pessoas, Crivella acaba de regulamentar a nova fórmula da taxa de iluminação pública, a Cosip. A cobrança virá na fatura mensal da Light, que ficará responsável por apurar os valores.

Só estarão isentos da taxa os raros consumidores que usam menos de 100 KW, por mês; para se ter uma ideia, só uma geladeira de modelo mais antigo, ligada direto na tomada, consome cerca de 150 KW/ mensais. A média dos cerca de 2,5 milhões de clientes em baixa tensão (residências e pequenos comércios) é de 240 KW.

Ao regulamentar a Cosip nesses termos, Crivella rompeu o acordo feito com o Legislativo, em que se comprometeu a isentar a maioria dos consumidores residenciais. Perdeu a maioria que acreditou nele e aprovou a nova taxa, mais uma a pesar no bolso da população do Rio.

Eu não acreditei e votei contra.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui