MP encaminha formulação de projeto de educação especial

O vereador Reimont participou da discussão sobre educação especial para jovens e adultos da rede municipal de Educação do Rio de Janeiro no Ministério Público

0
8

O vereador Reimont participou da discussão sobre educação especial para jovens e adultos da rede municipal de Educação do Rio de Janeiro, na última quarta-feira (02), no Ministério Público, com o promotor de justiça Dr. Rogério Pacheco, titular da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação da Capital.

Durante o encontro, foram discutidos diversos aspectos como: o atendimento aos alunos com deficiência maiores de 17 anos, a migração para o PEJA (Programa de Educação de Jovens e Adultos) e, em especial, a garantia da gestão atual em relação a questão da terminalidade, ou seja, os alunos que completam 17 anos não serão obrigados a se retirar das unidades escolares.

Até o próximo encontro, marcado para outubro, ficou definido que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, vai formular um projeto de política pública para esse segmento em articulação com as áreas de trabalho e emprego, esporte e lazer, saúde, FAETEC, a Subsecretaria de Pessoa com Deficiência, entre outros.

A reunião contou com a presença de Valéria Maria Barreira, chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação, Kátia Cristina Vieira Nunes, diretora do Instituto Helena Antipoff, Maria Luiza Lixa, gerente do PEJA (Programa de Educação de Jovens e Adultos), Dr. Luiz Cláudio Freitas, presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Sandra Santos, diretora do Iserj, representantes do MIL (Movimento de Inclusão Legal) e assessoria de outros mandatos parlamentares.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui