Não à (De)forma Previdenciária de Crivella

Depois de Temer, é a vez de Crivella tentar uma reforma previdenciária que pune os trabalhadores. No caso, é prefeito quer taxar os inativos. Não vamos permitir.

0
31

Depois de Temer, é a vez de Crivella tentar impor uma reforma previdenciária que penaliza trabalhadoras e trabalhadores. O prefeito já encaminhou o projeto para a Câmara, visando à taxação dos inativos. Não podemos admitir.

De todas as partes envolvidas, os servidores são os únicos que cumprem todos os contratos firmados. Não podem pagar a conta da inépcia dos governantes. Não vamos permitir esse retrocesso. Votaremos contra a taxação dos inativos.

O rombo do Funprevi e do Previ-Rio deve-se a gestões incompetentes. Começou há mais de 15 anos, quando a prefeitura deixou de pagar os 22% de contribuição que cabia ao município, na condição de empregador.

Para reverter esse quadro, defendemos uma auditoria urgente e séria na área e a revisão do orçamento, da lei 5.300 e das fontes de receita da seguridade social. Principalmente, a prefeitura tem que cobrar os 15 grandes sonegadores de IPTU e ISS, que devem mais de 9 bilhões de reais.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.