Nas ruas, em defesa do patrimônio do país

Na luta de resistência ao golpe e contra os retrocessos, o mandato de Reimont foi para as ruas defender a soberania nacional.

0
26

Na terça-feira, dia 3 de outubro, o nosso mandato foi para as ruas, ao lado do presidente Lula, dos sindicatos e dos movimentos sociais, em defesa da soberania nacional. Foi um momento histórico, quando mais de 50 mil pessoas ocuparam o Centro do Rio para defender as empresas públicas e as riquezas do país, ameaçadas pela fúria privatista do (des)governo Temer.

O ilegítimo, com o apoio da maioria dos deputados e senadores e sob a proteção dos grandes meios de comunicação e do judiciário, quer entregar aos banqueiros e às empresas internacionais as nossas maiores riquezas e o patrimônio público do povo brasileiro.

Sabemos que, se privatizar, o povo é quem vai pagar. Haverá aumentos de tarifas, aumento do desemprego, queda na qualidade dos serviços, mas os lucros dos empresários serão garantidos. Já vemos isso com a telefonia. Vamos lutar e resistir.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui