Novas denúncias agravam situação da Globo

Propinas seriam de 50 milhões de reais

0
22

Propinas seriam de 50 milhões de reais

Caso sejam comprovadas, as novas denúncias do empresário Alejandro Buzarco, ex-presidente da empresa Torneos Y Competencias, deixam a Globo em gravíssima situação. Segundo ele, a emissora pagou propinas não só para comprar os direitos de transmissão das Copas Libertadores e Sulamericana, mas também para garantir a exclusividade das Copas do Mundo 2026 e 2030.

A fraude teria custado US$ 15 milhões, equivalente a R$ 50 milhões, em propinas depositadas em uma conta no banco suíço Julius Baer, em nome do dirigente da Fifa Julio Grondona, já falecido, que cuidava dos direitos de transmissão para a América Latina. Segundo Buzarco, a Torneos y Competencias foi orientada pela Globo a criar uma subsidiária na Holanda, que funciona como paraíso fiscal para multinacionais, para receber a propina e, depois, repassá-la para o banco Julius Baer.

As negociações teriam sido comandadas por Marcelo Campos Pinto, responsável pela aquisição dos eventos esportivos da Rede Globo nas últimas décadas; ele tinha procuração da família Marinho, dona da emissora. A procuração é de 12 de março de 2013, mesmo mês em que a Globo, a Televisa e a Torneos concordaram em pagar os US$ 15 milhões pelos direitos de transmissão dos Mundiais.

Com base no depoimento de Buzarco, que é rico em detalhes e em documentos probatórios, será possível rastrear todo o percurso do dinheiro – da Globo, na Holanda, para a Torneos y Competencias, também na Holanda, e depois para a conta de Grondona, na Suíça.

Alejandro Buzarco é um dos 42 acusados do Fifa-Gate. Ele foi interrogado esta semana pelo procurador Sam Nitze, como testemunha do governo dos EUA no julgamento do ex-presidente da Conmebol, Juan Ángel Napout, do ex-presidente da CBF, José Maria Marín, e do ex-presidente do futebol peruano, Manuel Burga.

Fontes:

Reportagem do site Brasil 247 – https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/327511/Em-novo-depoimento-delator-complica-Globo-e-cita-propinas-nas-Copas.htm
Reportagem do The New York Times – https://www.nytimes.com/reuters/2017/11/15/sports/soccer/15reuters-soccer-fifa.html
Reportagem de Luiz Carlos Azenha e Tony Chastinet, da Record TV – http://esportes.r7.com/futebol/ex-executivo-tinha-procuracao-da-globo-para-negociar-com-cbf-e-fifa-15112017

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui