O Rio tem que defender a Cultura do Rio

Em apoio aos movimentos culturais da cidade, que estão mobilizados contra os ataques à Cultura, o vereador Reimont participou da manifestação-cortejo do último dia 05/07

0
23

Em apoio aos movimentos culturais da cidade, que estão mobilizados contra os ataques à Cultura efetivados pelos governos federal, estadual e municipal, o vereador Reimont participou, na última semana, de diversas reuniões e atos em defesa do setor, como da manifestação-cortejo do último dia 05/07. Centenas de pessoas percorreram as ruas de Botafogo até o Palácio da Cidade, com palavras-de-ordem contra o decreto 43219, que impõe inúmeras restrições a eventos públicos, contra o anúncio de corte de verbas e apoio para o Carnaval e contra a decisão de Crivella de não pagar o edital de Fomento 2016.

“Negar o pagamento do Edital é uma séria agressão à Cultura. Estamos falando de 204 projetos selecionados, 4.800 trabalhadores e trabalhadoras, cerca de 1.500 contratos de serviço, mais de 3 mil apresentações artísticas. Ou seja, estamos falando de um projeto com extraordinário impacto cultural e econômico. Estamos falando de profissionais e produções já mobilizados, que estão sendo profundamente desrespeitados pelo poder público”, defendeu o parlamentar, que preside a Comissão de Cultura da Câmara.

Reimont alerta que o prefeito não é transparente na gestão e usa de justificativas inconsistentes.

“O mesmo Crivella que diz não ter dinheiro para a Educação, a Cultura e os servidores é o que mantém a isenção tributária das empresas de ônibus e que promete uma gratificação extra para os membros do Conselho Gestor do novo Fundo Especial de Ordem Pública. Alega que não tem verba para honrar o Fomento 2016, mas turbina a publicidade com uma verba de mais de 21 milhões de reais. Quer aumentar o IPTU, mas não cobra a dívida de 9 bilhões de reais dos 15 maiores sonegadores de impostos municipais”, denuncia Reimont.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui