Por uma política pública para a população em situação de rua

vereador Reimont participou ativamente do "I Seminário Nacional de Defensoria Pública e População em Situação de Rua", promovido pela Defensoria Pública da União

0
13

Na última semana, nos dias 06 e 07/07, o vereador Reimont participou ativamente do “I Seminário Nacional de Defensoria Pública e População em Situação de Rua”, promovido pela Defensoria Pública da União, com uma interlocução direta com os homens e mulheres que vivem nesta situação. O seminário, que reúne membros do Movimento Nacional de População em Situação de Rua e membros da Defensoria Pública da União e das Defensorias Públicas de diversos estados, estimulou a troca de experiências, buscando caminhos para superar a crueldade social e política que exclui os direitos dos mais vulneráveis.

“Debatemos temas como a agressão policial, as práticas higienistas, as ações e omissões das prefeituras e a violação de direitos, confirmando a necessidade de construirmos, urgentemente, políticas públicas adequadas para essa população, que vem crescendo em ritmo acelerado com o aprofundamento da crise provocada pelo golpe”, diz o vereador. “O Rio, hoje, tem quase 20 mil pessoas nesta situação. Temos falado, com as diferentes gestões da prefeitura, sobre a importância de uma política que vá além do alcance da Secretaria Municipal de Assistência Social. Na lógica do direito à cidade, insistimos na municipalização das propostas contidas no Decreto 7053/2009 e apresentamos, já em condições de ir à votação, o Projeto de Lei 1543/2015, voltado para este segmento. Este PL, uma vez aprovado, precisará ainda de um grande empenho de todos, para entrar no rol das leis que ‘pegam’, que são eficazes.”

Por conta do recesso na Câmara Municipal, neste mês de julho, Reimont vem intensificando a agenda nas ruas e nos espaços de discussão, com dedicação ainda mais intensa a algumas das bandeiras do mandato, como é o caso da População em Situação de Rua.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui