Presidente do Previ-Rio aponta déficit de R$ 2,8 bilhões

Em reunião com vereadores, Luiz Alfredo Salomão falou sobre a situação do órgão e seus planos de ação.

0
103

Em reunião com os vereadores, no dia 04 de abril, na Câmara Municipal, o presidente do Instituto de Previdência e Assistência (Previ-Rio), Luiz Alfredo Salomão, falou sobre a situação do órgão e seus planos de ação.

Segundo ele, há um déficit de R$ 2,8 bilhões no Fundo Especial de Previdência do Município do Rio de Janeiro (Funprevi).

Salomão reconheceu a necessidade de realização de um novo cálculo atuarial e adiantou que aposta em medidas como o aporte dos royalties do petróleo, a revisão de valores de aluguéis de salas comerciais, como as do Centro Empresarial Sul América, e a taxação de aposentados e pensionistas que recebam acima de R$ 5.031,00.

“As servidoras e os servidores nada têm a ver com esse desastre e não podem arcar com o prejuízo. Muito menos os aposentados e pensionistas”, avalia Reimont. “A seguridade social é um direito que deve ser garantido.”

 

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.