Previdência dos petroleiros

Em ato no Rio, Reimont defende os trabalhadores e trabalhadoras da Petrobras, na luta pela preservação de seus direitos previdenciários.

0
34

Na última semana, Reimont participou do ato dos petroleiros contra as atrapalhadas da direção da Petrobras no fundo de previdência dos funcionários. No final de 2017, a Petros anunciou a cobrança de uma contribuição extra dos beneficiários para equacionar um déficit que deve alcançar R$ 27,7 bilhões.

“A soberania nacional tem sido atacada o tempo todo por esse governo de golpe. Vamos lutar contra isso. A luta pela soberania nacional está intimamente ligada ao respeito pela Petrobras e por seus trabalhadores. O petróleo é nosso e a Petrobras é do povo brasileiro”- alertou Reimont.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.