Quem paga o pato?

Para garantir o acordo de redução do preço do óleo diesel, que prometeu aos donos de transportadoras, Temer vai usar recursos da Saúde, da Educação, da Moradia, da Agricultura Familiar e de vários outros projetos sociais

0
20

Para garantir o acordo de redução do preço do óleo diesel, que prometeu aos donos de transportadoras, o (des) governo Temer vai usar recursos da Saúde, da Educação, da Moradia, da Agricultura Familiar e de vários outros projetos sociais.

Os golpistas já anunciaram um corte de despesas de R$ 3,4 bilhões, para compensar o programa de subsídios ao diesel. Foram reduzidos recursos, por exemplo, para programas como prevenção e repressão ao tráfico de drogas (R$ 4,1 milhões), concessão de bolsas de um programa de estímulo ao fortalecimento de instituições de ensino superior (R$ 55,1 milhões), policiamento ostensivo e rodovias e estradas federais (R$ 1,5 milhões) e fortalecimento do SUS, com R$ 135 milhões. Ao mesmo tempo, foram criados recursos para o programa “operações de garantia da lei e da ordem”, com o objetivo de desobstruir estradas, no valor de R$ 80 milhões.

As chamadas “autoridades” perderam toda noção de respeito público.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.