Reimont denuncia o desmonte da Educação

Reimont denuncia os dois violentos ataques que o PMDB desferiu contra a Educação brasileira

0
21

Dois violentos ataques recentes sofridos pela Educação brasileira foram denunciados pelo vereador Reimont, no plenário da Câmara, no último dia 10/08.

No plano estadual, o parlamentar repudiou o desmonte do sistema de público de ensino, com o fechamento de salas e a inacreditável “desmatrícula” de alunos faltosos, independente dos motivos da ausência. Ele acusou o governo estadual de ferir o direito constitucional à Educação e de não considerar os inúmeros fatores que podem levar às faltas, como a violência na cidade e os sucessivos cortes e limitações na concessão e uso do passe livre estudantil. Reimont encaminhará um ofício ao secretário Wagner Victer manifestando repúdio à decisão e solicitando que seja reconsiderada. Também convidou os demais vereadores a assinarem o documento, reforçando o compromisso da Câmara Municipal com a Educação Pública.

O parlamentar também criticou duramente os cortes feitos pelo golpista Michel Temer à Lei de Diretrizes Orçamentárias, retirando a prioridade do Plano Nacional de Educação. Construído com a participação da sociedade civil e da quase totalidade dos educadores do país, o PNE foi aprovado em 2014 e estabelecia metas para melhorar a qualidade do ensino brasileiro, em um prazo de 10 anos. O veto do usurpador representa mais um retrocesso na Educação.

Os dois assuntos integraram a pauta de reunião do vereador com as estudantes Isabela Queiroz, presidenta da AMES/Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas – Rio de Janeiro, e Maria Eduarda, da mesma entidade.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.