Rumo à aprovação final do PL 1.543/2015

Por unanimidade, foi aprovado, em primeira discussão, o nosso Projeto de Lei 1.543/2015, que institui a Política Municipal para População em Situação de Rua

0
52

Por unanimidade, foi aprovado, no último dia 13/09, em primeira discussão, o nosso Projeto de Lei 1.543/2015, que institui a Política Municipal para População em Situação de Rua e cria o Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional para a População em Situação de Rua. A segunda e definitiva votação deverá ocorrer ainda nesta semana.

Essa é uma questão urgente para o Rio, onde a crise faz crescer o número de pessoas que se abrigam nas ruas. Segundo a Prefeitura, essa população saltou de 5.580, em 2013, para mais de 16 mil, em 2017; só de 2015 a 2016, o número dos que têm ensino superior completo cresceu 75%. No Centro, muitos trabalham, mas dormem nas ruas por falta de dinheiro para passagem e aluguel. O município tem 38 abrigos próprios, 22 conveniados e dois Hotéis Acolhedores para pernoite, mas há apenas 2.177 vagas.

O PL propõe uma política inclusiva, pautada nos direitos garantidos na Constituição e em acordos internacionais dos quais o Brasil é signatário. Ela deverá ter como base ações integradas das secretarias de Assistência Social, de Educação, de Saúde, de Trabalho e Emprego, de Habitação e de Esporte, com a participação da Defensoria Pública, do Ministério Público e de representantes da população em situação de rua.

“São muitas as razões que levam as pessoas a essa situação. As mais comuns são a falta de condição financeira, abandono familiar, dependência química, saúde mental ou, até mesmo, por opção. Independentemente das razões que levam às pessoas à condição de rua, o Poder Público e a sociedade civil precisam olhar com muita atenção para essa população, que têm seus direitos constitucionalmente garantidos”, destacou o vereador Reimont, em entrevista ao Diário Oficial da Câmara.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.