Simplesmente, não à Censura!

Nos últimos dias, temos recebido muitas notícias de vetos ou proibições de filmes, exposições, livros, apostilas escolares, pinturas, palestras, músicas e até camisetas de times de futebol. O nome disso é CENSURA

0
7

Nos últimos dias, temos recebido muitas notícias de vetos ou proibições de filmes, exposições, livros, apostilas escolares, pinturas, palestras, músicas e até camisetas de times de futebol. O nome disso é CENSURA, um dos principais instrumentos dos sistemas autoritários. 

A censura é como um olheiro que vigia cada pessoa todo o tempo, controlando as informações, o aprendizado e o conhecimento, retirando o nosso direito de fazer as próprias escolhas.

Alguns dizem que é para proteger a família, como se mães, pais e responsáveis fossem pessoas incapazes. Ou dizem que é para evitar “más influências”, como se a leitura de Pinóquio, por exemplo, transforme a criança em mentirosa.   

Os que dizem isso são, na verdade, os que querem substituir o estado social, que investe em políticas públicas de Educação, Saúde, Cultura e Cidadania, pelo estado policialesco, que proíbe você de pensar. 

Andando de ré

No ano em que o cinema brasileiro mostra um vigor extraordinário, com vários prêmios internacionais e recordes de bilheteria, o governo Bolsonaro dá mais uma demonstração de sua aversão à Cultura e corta 43% das verbas do Fundo Nacional para o Audiovisual. Esse é o projeto do obscurantismo.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.