Suspensão de benefícios causa prejuízo a servidores municipais

Reunião com servidor@s municipais, para tratar do gradativo corte de benefícios assistenciais promovido pela Prefeitura desde 2016

0
16

Em 2 de maio, Reimont se reuniu com servidor@s municipais, para tratar do gradativo corte de benefícios assistenciais promovido pela Prefeitura desde 2016, sem amparo legal e que afetam desde os auxílios medicamento, educação e creche ao salário-família, entre outros. Algumas categorias estão sem qualquer benefício desde novembro.

Uma das situações mais graves é a dos profissionais de enfermagem, que, este ano, perderam, em média, 50% do adicional noturno, cerca de R$ 500 reais a menos, no salário bruto. O vereador enviou ofício ao Secretário de Saúde, Marco Antonio de Mattos, pedindo reparação desses prejuízos.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui