Bala perdida no caminho da escola

A violência armada no Rio de Janeiro fez uma nova vítima no último dia 12/11, a menina Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, atingida por uma bala perdida quando ia para a escola acompanhada da mãe

0
11

A violência armada no Rio de Janeiro fez uma nova vítima no último dia 12/11, a menina Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, atingida por uma bala perdida quando ia para a escola acompanhada da mãe, em Realengo. Ketellen foi a sexta criança morta por bala perdida no estado do Rio, neste ano – as outras foram Jenifer Gomes, de 11 anos, em Triagem; Kauan Peixoto, 12, na Chatuba, Baixada Fluminense; Kauã Victor Rozário, 11, na Vila Aliança; Kauê Ribeiro dos Santos, 12, no Complexo do Alemão, e Ágatha Félix , 8, também no Complexo do Alemão. Outras dez crianças foram feridas e sobreviveram.

N última semana, em uma Audiência Pública sobre segurança nas escolas, a Câmara dos Vereadores debateu com a população vários aspectos dos impactos da violência e da falta de segurança pública na educação. Nossos desafios não são poucos – em 2019, os confrontos já impuseram às escolas da Cidade de Deus 67 dias sem aulas, de um total obrigatório de 200 dias letivos.

Ketellen é a sexta criança vítima de confrontos neste ano, no Rio. Quantas mais perderemos? Até quando? Não podemos tolerar que crianças sejam mortas a caminho da escola, não podemos aceitar uma política de segurança pública que assola a vida da nossa população mais vulnerável. Basta de violência! As vidas de nossas crianças importam!

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.