Devolvam os nossos empregos!

Com Temer, aumenta o número de desempregados, da informalidade e do trabalho precarizado. O emprego de qualidadevai rareando.

0
62

O governo ilegítimo e a imprensa “amiga” fazem barulho para anunciar que o desemprego está diminuindo no país. Será? Quem acredita nessa mentira deslavada? Os números estão aí e mostram que o emprego bom, de carteira assinada, continua em queda. O que aumentou foi o trabalho informal, o bico, a viração, o trabalho precário e barato.

Vamos aos números, que não mentem e são de deixar qualquer pessoa assustada.

Atualmente, 69,8 milhões de brasileiras e brasileiros estão trabalhando, mas só 32,8 milhões têm carteira assinada. Os outros 37 milhões, a MAIORIA, estão na INFORMALIDADE, nos tristes contratos intermitentes; são trabalhadores sem carteira, sem Previdência, sem qualquer proteção  e com salários ou ganhos muito baixos.

Mas tem pior. A população totalmente fora do mercado de trabalho – que não conseguiu vaga ou desistiu de procurar trabalho – é de 65,6 milhões pessoas! Isso é quase 32% da população do Brasil, é mais de 42% da população em idade ativa, que vai de 15 a 64 anos. 65,6 milhões de pessoas é mais do que a população de países como a Argentina, a Inglaterra ou a França.

Não adianta dizer que o número de desempregados diminuiu para 13 milhões de brasileiros. O problema é muito maior. O Brasil precisa urgente de medidas que recuperem o emprego de qualidade e devolvam o poder de compra dos salários e os direitos trabalhistas e sociais. É urgente, não dá mais para esperar.

Fonte: IBGE

Reimont

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.