O frio atinge a todos, mas quem morre é o pobre

"O frio é bem democrático, porque todos sentem. Mas é bem autoritário, porque mata os moradores de rua" – Padre Júlio Lancelotti

0
25

“O frio é bem democrático, porque todos sentem. Mas é bem autoritário, porque mata os moradores de rua” – Padre Júlio Lancelotti

Hora de doar calor e vida

Desde a chegada do inverno, ao menos dez pessoas já morreram por causa do frio, no Brasil. A maioria estava em situação de rua, sem um teto, dormindo ao relento e tentando aquecer o corpo com sacos plásticos e papelão. Mas também inclui uma pequena família paulista – pai, mãe e uma criança de dois anos -, que tentou escapar do frio com o fogo de uma churrasqueira e foi intoxicada pela fumaça. 

Como disse o Padre Júlio Lancelotti, de São Paulo, o inverno dói mais para os mais empobrecidos. Também no Rio, a população em situação de rua sofre com as baixas temperaturas. Na madrugada da última testa terça-feira, 09/07, os termômetros da cidade registraram a temperatura mais baixa do ano: apenas 11,3º C.

A solução para este problema é a implantação de políticas sociais, como a nossa Lei 6350/2018, que estabelece a Política Pública Municipal para a População em Situação de Rua; foi promulgada em maio de 2018, mas, até hoje, aguarda ser regulamentada pelo prefeito Marcelo Crivella, que não cumpre esta responsabilidade. 

Como o inverno não espera, a saída é partir para ações emergenciais, que ao menos amenizem o sofrimento imediato das pessoas. Por isso, é hora de unir esforços e participar das correntes de solidariedade formadas pelas Campanhas do Agasalho, doando cobertores, agasalhos e roupas que ajudem a combater o frio e salvar vidas. 

Há vários pontos de coleta de doações espalhados pela cidade; neste Boletim, listamos alguns. Participe! Doe calor!

Pontos de Campanhas do Agasalho

Centro

– Sindicato dos Bancários – Av. Presidente Vargas, 502 / 20º, 21º e 22º andares

– Cruz Vermelha – Praça Cruz Vermelha, n°10/12, 3° andar

– Igreja de São José – Avenida Presidente Antônio Carlos, s/n

– Igreja Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro – Rua da Lapa, 8

– Terminal Rodoviário Américo Fontenelle – Rua Barão de São Felix, 165 

– Terminal Garagem Menezes Côrtes – Rua São José, 35 

Zona Norte

– Igreja dos Capuchinhos – Rua Haddock Lobo 266 – Tijuca

– Igreja Nossa Senhora da Conceição – R. Monsenhor Amorim, 34 – Engenho Novo

– Paróquia São Camilo – Estrada Velha da Tijuca, 45 – Usina

– Comunidade Católica Gerando Vidas – Sinttel – Rua Morais e Silva 94 – Tijuca

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.