“Ponte para o futuro” conduz ao retrocesso

A ponte para o futuro anunciada por Temer é, na verdade, o caminho para a volta de um país perdido no desemprego, na miséria, na violência, na falta de esperança.

0
31

O Brasil entrou em 2018 com uma inacreditável população de 26,4 milhões de desempregados e trabalhadores subutilizados, segundo o IBGE. O grupo inclui 4,3 milhões de brasileiras e brasileiros que perderam qualquer esperança e preferiram parar de procurar emprego.

Esses números provam que falta verdade quando o governo de Temer afirma que a economia foi recuperada e está a pleno vapor. Balela! A situação está péssima e o Brasil do golpe não consegue gerar empregos formais na quantidade necessária e de qualidade, não consegue gerar desenvolvimento e bem estar.

Mulheres, negros e jovens são os mais prejudicados. Dos trabalhadores subutilizados, 54,2% são mulheres, 55,8% são pretos e pardos e 26,5% têm entre 18 e 24 anos.

Diz o professor José Eustáquio Diniz Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE: “Sem trabalho, o Brasil não tem futuro. Nunca houve tantas pessoas em idade de trabalhar no país. Mas o desperdício do potencial de 26,4 milhões de trabalhadores é o mesmo que jogar fora nossa janela de oportunidade e manter a população na armadilha da renda média.”

Tudo comprova que o Brasil caiu nesta armadilha preparada pelo golpe. A ponte para o futuro anunciada por Temer e amigos é, na verdade, o caminho para a volta de um país perdido no desemprego, na miséria, na violência, na falta de esperança. Contra isso, precisamos resistir e lutar, cada dia mais juntos.

#Reimont

Ilustração: cartunista Márcio Baraldi, para o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui