Retrocesso se combate na luta

O balanço da semana é de muitos retrocessos. Parece que não tem fim o pacote de maldades do governo que o golpe nos impôs

0
30

O balanço da semana é de muitos retrocessos. Parece que não tem fim o pacote de maldades do governo que o golpe nos impôs. A grande imprensa pouco destaca as notícias que afetam o presente e o futuro da população e do país.

Por exemplo, veja aqui o que aconteceu no Brasil, na última semana, e pouco apareceu nos jornais e revistas.

– O IBGE anuncia que a crise levou ao fechamento de duas mil indústrias no Brasil, gerando 400 mil desempregados, em apenas um ano.
– A Câmara dos Deputados aprova projeto que tira até 70% do pré-sal da Petrobras. Proposta entrega uma das principais riquezas do Brasil para as companhias estrangeiras.
– A Câmara aprova o texto-base da Medida Provisória que diminui os tributos das petrolíferas estrangeiras na exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural. O Brasil renunciará a receitas da ordem de R$ 50 bilhões, por ano.
– Desde que o traidor Temer assumiu a Presidência, por culpa do golpe, os programas sociais dos governos Lula e Dilma já sofreram 94% de cortes. O programa Bolsa Família, que livrou milhões de pessoas da tragédia da fome, foi um dos mais atingidos; quase um milhão de famílias, que recebiam em torno de R$170,00, cada, perderam o auxílio.

Refletir e passar essas informações adiante é fundamental para mobilizar a população contra os desmandos do golpe. Só na rua podemos mudar os rumos do país.

Mas o problema não é só nacional; no estado e no município do Rio, os retrocessos também seguem aumentando. Veja na página 2.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.