Samba é de lei

Esta semana comemoramos uma importante conquista para a Cultura e a História – a aprovação do nosso projeto de Fomento e Salvaguarda do Samba Carioca

0
29

Esta semana comemoramos uma importante conquista para a Cultura e a História do Rio de Janeiro – a aprovação, quase por unanimidade, do nosso projeto de Programa Municipal de Fomento e Salvaguarda do Samba Carioca. Agora, falta só a sanção do prefeito, para virar Lei.

Nascido, criado e fortalecido nas favelas e guetos, o samba carioca expressa as nossas raízes negras, africanas. Enfrentou preconceito, perseguições, violência, censura, mas sempre resistiu. E, democraticamente, conquistou o Rio. Hoje, é a principal expressão musical e cultural da cidade, reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil.

O samba é, também, fonte de trabalho e de renda para milhares e milhares de pessoas. De músicos a técnicos de som e de luz, de cantores a ambulantes, de compositores a catadores de lata, de arranjadores a comerciantes e garçons, o samba movimenta uma imensa rede da nossa economia formal e informal.

O samba continua, ainda, como uma expressão de resistência à intolerância, ao preconceito e ao ódio. Nesse momento, em que cresce uma onda de ataques a pessoas e religiões de matrizes africanas, o samba é uma das principais vozes em defesa da paz, do respeito às diferenças, do entendimento.

Por isso, consideramos que a aprovação do nosso projeto tem um significado tão especial.

Esperamos, agora, que a Câmara Municipal coloque em votação final, rapidamente, outros três projetos igualmente de extrema importância – o PL do Fim da Dupla Função dos Motoristas de Ônibus, a modernização da Legislação sobre o Comércio Ambulante e o Projeto de Política Pública para a População em Situação de Rua.

Conto com o apoio de todas e de todos nessa luta, para a construção de uma cidade para todas e todos, sem qualquer discriminação.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui