Prefeito tem que explicar viagens

0
58

Aumenta a pressão para que o prefeito Marcelo Crivella explique, de maneira convincente e comprovada, as suas frequentes viagens ao exterior, sob a alegação de visitas oficiais. Há uma semana – no dia 15/02 – o nosso mandato encaminhou um requerimento de informações sobre as alegadas viagens oficiais, desde a posse, solicitando detalhamentos como valor das passagens, classe de vôo, duração, motivo, comitivas e resultados obtidos, com a comprovação de documentos e informação sobre a rubrica do orçamento municipal em que as despesas foram e são liquidadas. Pelo prazo regimental, o prefeito tem até 30 dias para responder.

Agora, nesta terça-feira (20/02), o Tribunal de Contas do Município (TCM) decidiu, por unanimidade, instaurar uma inspeção extraordinária na secretaria da Casa Civil da prefeitura do Rio, com o mesmo objetivo. O TCM também vai analisar os motivos que levaram a prefeitura a elevar os valores das diárias pagas pela prefeitura em viagens pelo Brasil (em Reais) e ao exterior (em Dólares e Euros).

O Ministério Público também abriu uma investigação para apurar possíveis irregularidades na mais recente viagem de Crivella à Europa, durante o último Carnaval.

Só em viagens ditas oficiais, Marcelo Crivella já passou 37 dias fora do país desde que assumiu a Prefeitura, em visitas a nove países em três continentes: Europa, Ásia e África. O prefeito tem que explicar à população da cidade quais os objetivos e benefícios dessas movimentações, todas pagas com dinheiro público.

Comentários

comente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor entre digite seu nome aqui